Revista Central: a informação em tempo real com credibilidade

terça-feira, 30 de junho de 2009

Comissão da Câmara aprova redução da jornada de trabalho

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a redução da jornada de trabalho, de 44 horas para 40 horas semanais, aprovou na tarde desta terça-feira o relatório favorável apresentado pelo deputado Vicente Paulo da Silva (PT-SP), o Vicentinho.

Aprovada por unanimidade, a proposta também aumenta o valor da hora extra de 50% do valor normal para 75%.

Em tramitação há 14 anos no Congresso, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) deve ser votada pelo plenário no início de agosto, segundo o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), que preside a Força Sindical. Veja aqui a íntegra da proposta.

As centrais sindicais acompanharam a reunião da comissão. No ano passado, as centrais coletaram 2 milhões de assinaturas em todo o país, em defesa da redução da jornada, que foram entregues ao Congresso Nacional.

Impacto reduzido

A última redução do período semanal de trabalho no país ocorreu na Constituição de 1988, quando a jornada caiu de 48 horas para 44 horas. Para Vicentinho, a redução da jornada terá pouco impacto nas empresas, pois a média da duração do trabalho no país já é inferior às 44 horas previstas na Constituição.

Além disso, o parlamentar afirma que, segundo dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), a carga de 40 horas semanais, seguida da manutenção do patamar salarial, significará um crescimento de apenas 1,99% no custo da produção.

2 comentários:

PEDRO NASCIMENTO, Quixadá/Crato. disse...

EI PERIGOSO, PQ VC NÃO COLOCA A NOTÍCIA DO SUMIÇO DA VERBA DA EMPRESQ???

PARECE Q VC NÃO É TÃO PERIGO ASSIM.

ENTRE NO BLOG www.monolitosquixada.blogspot.com

POIS A NOTÍCIA TÁ LÁ E LOGO IRÁ PARAR NAS PÁGINAS DO DN E DO O POVO.

EI PERIGOSO, VC NÃO COLOCOU A NOTÍCA PQ É DO LADO DO ILÁRIO?

rsrsrs APOSTO Q VC TAMBÉM NÃO IRÁ ACEITAR ESSE COMENTÁRIO.

DIÁRIO CENTRAL disse...

Prezado(a) Leitor(a)

Nosso agradecimento pelo comentário acima mencionado. O Portal de Noticias do Sertão Central tem trabalhado com credibilidade e imparcialidade, levamos a informação com respeito e com apuração. Neste espaço o leitor(a) tem liberdade de colocar qualquer comentário e não tem uma opção de aprovar ou não. Claro, aqueles que juridicamente ofender, denegrir ou vier a trazer algo que possamos nos prejudicar juridicamente, iremos deletar, os demais, criticas, solicitações, elogios todos permaneceram, como o seu.

Sobre o sumiço da verba da Empresq como citou, não temos conhecimento, para tanto informo que desde que tenhamos informação concreta sem dúvida iremos publicar matéria sobre a mesma.

Quando menciona somos do lado do Ilário Marques, primeiro não temos cargos ou apoio da prefeitura. Caso acompanhe as nossas publicações basta ver ao lado esquerdo na opção MATÉRIAS ANTERIORES.

A cada dia crescemos porque não temos partido e sim credibilidade. Quando colocamos um blog desse no ar com trabalho que dá para atualizar todos os dias, é porque temos um propósito fazer diferente. Vamos deixar o jogo da mídia(rádio) de Quixadá, a qual sabemos que o objetivo não é levar a informação a população e sim estar se beneficiando de cargo ou de patrocínios.


Continue conosco.

Mande para seus amigos do orkut, twitter etc!
|
Google Analytics