Revista Central: a informação em tempo real com credibilidade

terça-feira, 26 de maio de 2009

Operação Limpeza faz mais prisões de assaltantes em Quixadá


Depois da desarticulação de uma quadrilha que nos últimos dois meses estava agindo na "Terra dos monólitos" a polícia prende mais cinco assaltantes e procura outros quatro

Quixadá
Menos de 24 horas após a prisão de um grupo a polícia desta cidade consegue capturar mais cinco assaltantes que estavam agindo na região. Com as operações mais duas quadrilhas são tiradas de circulação neste município. A primeira havia acabado de assaltar o proprietário de uma borracharia, na noite do último sábado quando foi perseguida por policiais da RP 1222. O roubo ocorreu na localidade de Caracol, no distrito de Custódio.

Após o assalto três bandidos fugiam numa motocicleta Honda, modelo Fan, de cor preta quando foram interceptados por uma equipe do Batalhão Provisório de Quixadá. No momento da abordagem um deles conseguiu fugir. Era o menor W.F.G., vulgo “Pera”, 16 anos. Na fuga acabou se ferindo ao pular uma cerca. Enquanto os militares conduziam Fernando Oliveira Serafim, 20 anos e Aulan Aprígio de Sousa, 30, para a delegacia a equipe da Polícia Civil partia em perseguição ao fugitivo.

A polícia investiga a utilização das duas motocicletas, capaecetes e até as duas jaquetas de mototaxistas apreendidas, em outros crimes registrados em Quixadá.
Foto > Alex Pimentel
O menor foi apreendido logo depois e com ele Ivanildo Lourenço da Paixão, 27 anos, apontado como mais um integrante do bando. Como “Pera” estava ferido foi transferido para o Hospital Maternidade Jesus Maria José. Ele retornou para a delegacia somente na tarde de ontem. Deve ser encaminhado a instituto correcional de menores. Os comparsas atribuem ao menor a prática do roubo bem como a posse da escopeta calibre 12 utilizada no crime.

Eles foram desmentidos pela vítima. Além de contar à polícia que chegou a ser amarrado e atirado no chão, ameaçado de morte e obrigado a dar o dinheiro que possuía em casa, R$ 270,00, o dono do comércio identificou a quadrilha. Após ser desamarrado pela esposa, grávida de quatro meses ele ligou para a polícia. Uma hora depois todos estavam presos. Com eles, além da arma de fogo e da Fan preta, os capacetes, duas jaquetas de mototaxistas e uma motocicleta vermelha foram apreendidas.

Aulan, Ivanildo e Fernando (Esquerda para a direita) foram autuados em flagrante por crime de roubo e formação de quadrilha. Eles dizem que o menor praticou o assalto sozinho.

MOTEL
Bandidos usam sacos plásticos como máscaras

A outra quadrilha agiu no início da tarde deste domingo. Dois assaltantes invadiram e tentaram assaltar o Motel e Pousada Monte Alegre, situado naquele bairro. Ao ser abordado pelos bandidos quando chegava ao seu estabelecimento o proprietário conseguiu adentrar com seu carro e correr juntamente com alguns funcionários. Ao escapar por um portão lateral ligou para a polícia. Logo depois um dos criminosos já havia sido preso.

Francisco Rafael da Silva Brito, o “Fael”, 22 anos, foi reconhecido na delegacia. Agora, os policiais trabalham no sentido de localizar o comparsa, “Ricardo”. Foi ele quem atirou com um revólver calibre 38 dentro do motel. Além dele outros três assaltantes estão sendo procurados. Integram a quadrilha de “Pinto”, capturado na quinta-feira. Com as prisões a polícia de Quixadá pretende esclarecer os roubos registrados na cidade ultimamente.

“Mas a população tem que colaborar. Vítimas e testemunhas devem comparecer à Delegacia Regional para realizar o reconhecimento dos criminosos em outros assaltos. Também averiguamos denúncias anônimas”, comentou o delegado José Edílson Sobrinho. Mesmo de férias ele coordena os trabalhos de investigação. Com a desarticulação dos três bandos pretende elucidar os dois homicídios com características de pistolagem e os roubos ao bispo emérito de Quixadá, dom Adélio Tomasin e dos explosivos da construtora Marsilop.

Sobre as dificuldades operacionais enfrentadas, policiais civis e militares declaram que com o auxílio da sociedade, fornecendo informações concretas e denunciando os crimes, são superadas enquanto o reforço não chega. Lamentam apenas a postura dos profissionais da imprensa local. “Ao invés dos radialistas colaborarem, apenas criticam e até prejudicam o nosso trabalho. É o que a gente ouve”, desabafa o inspetor Carlos Vieira.

DENÚNCIAS ANÔNIMAS
Polícia Civil
(88) 3445 1047
Polícia Militar
(88) 3445 1042

Atenção: As fotografias expostas nesta página eletrônica são destinadas ao conhecimento de vítimas e testemunhas, com o objetivo de auxiliar a polícia nas investigações, repudiada assim qualquer forma de execração ou qualquer outra finalidade de divulgação.

Informações extraídas do Blog do Alex Pimentel
http://www.revistadosertao.blogspot.com/

2 comentários:

FABIO DE OLIVEIRA disse...

Meu amigo Jackson, suas reportagens estão ótimas, vou fazer uma observação do novo layout do seu blog, esse verde dificulta a leitura das matérias, eu tenho problemas sérios na vista, forço muito para ler o conteúdo. Um grande abraço!

Fabio de Oliveira

DIÁRIO CENTRAL disse...

Prezado Fabio

Desde já agradecemos seu comentário. Desde já iremos verificar uma melhor cor para a facilitação da leitura.

A direção

Mande para seus amigos do orkut, twitter etc!
|
Google Analytics